Justiça indefere pedido de tramitação em segredo de ação que fã move contra Anitta e Netflix
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 26/02/2021 09:11

O pedido de Maria Ilza Silva, fã de Anitta, para que o processo que ela move contra a cantora e a Netflix tramite em segredo de justiça foi indeferido pelo juiz Josué Ferreira, da 2ª Vara Cível de Macaé. Para o magistrado, não há informações sigilosas que tenham sido publicadas que justifiquem o segredo do processo. 

Na série “Anitta – Made in Honório”, veiculada pela plataforma, a idosa aparece indo à casa da cantora, sendo retratada como intrusa de forma jocosa, não tendo, segundo ela,  havido autorização para a  veiculação de sua imagem. A aposentada alega que, após a exibição do episódio, vem sendo alvo de zombarias.  

Maria Ilza, que afirma ter ido à residência de Anitta para entregar uma blusa de tricot que havia feito para ela, pede indenização por danos morais, materiais e a suspensão da exibição do episódio cinco da série.  

Processo nº 0021590-46.2020.8.19.0028 

SP/MB