Imóvel de Nego do Borel pode ser penhorado por dívidas de IPTU ignoradas
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 28/01/2022 17:43

A Justiça determinou a penhora do imóvel do funkeiro Nego do Borel, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste da cidade. Depois de inúmeras tentativas de localizar o cantor para que pagasse as dívidas de IPTU no valor de R$ 27.065,57, referentes aos anos de 2017,2018 e 2020, o imóvel poderá sofrer arresto. 

A juíza titular da 12ª Vara de Fazenda Pública, Katia Cristina Nascentes, determinou que um oficial de justiça avaliador vá mais uma vez ao imóvel e, caso Nego do Borel não seja encontrado novamente no endereço, proceda ao arresto e avaliação do imóvel. O cantor ainda terá mais uma chance de quitar suas dívidas com a prefeitura do Rio, em curto espaço de tempo, antes de a Justiça executar a penhora do imóvel. 

“Caso o oficial de justiça avaliador, no cumprimento do arresto, encontre o devedor deverá proceder à sua citação, ou a quem de direito o represente para que, pague em cinco dias, a dívida com os acréscimos legais até o seu efetivo pagamento ou garanta a execução, sob pena de penhora do imóvel e posterior alienação em hasta pública. Neste caso, deverá constar da certidão do oficial de justiça avaliador que deixou de efetuar o arresto do imóvel, visto que encontrou o devedor quando compareceu ao local para a prática do ato de constrição, tendo procedido à sua citação”, determinou a magistrada. 

Processo nº 0289485-87.2021.8.19.0001

PF/FS