Tribunal inicia exame periódico dos servidores
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 18/09/2019 15:07

A servidora Elienai Soares não perdeu tempo: foi a primeira a ser consultada pelo médico Alfredo Ferreira

Recebidos na Divisão de Saúde Ocupacional do Departamento de Saúde com atenção, cordialidade e profissionalismo, servidores do Tribunal de Justiça começaram a se submeter, desde terça-feira (18/9), ao exame médico periódico. Pioneira, a iniciativa visa não apenas verificar se a saúde do trabalhador está em dia, detectando a presença de doenças causadas pelo exercício de trabalho ou não, mas também chamar a atenção sobre práticas que trazem malefícios à saúde, e, claro, divulgar informações sobre a importância do cultivo de hábitos saudáveis na vida profissional e pessoal.

Diretor da Divisão de Saúde Ocupacional, o médico Alfredo Ferreira acredita que o exame médico periódico no local de trabalho incentiva o funcionário a ter compromisso com o próprio bem-estar.

- É a oportunidade de os servidores terem contato com o nosso pessoal. A aproximação gera facilidade para os profissionais do setor abordarem questões fundamentais de saúde que o trabalhador precisa saber.

Para o diretor, o exame é, também, uma boa forma de investimento do Tribunal. Ele espera que os servidores aproveitem o que está sendo oferecido.

A servidora Elienai Soares, da 1ª Vara de Fazenda, não quis perder tempo. Foi a primeira a comparecer à consulta. Tão logo soube da novidade, fez questão de abrir a agenda.

- Faço controle de muita coisa em relação a minha saúde, mas agendei aqui porque acho importante que o Tribunal saiba o que está acontecendo comigo, com os funcionários.

Marcio Soares, chefe de serventia da área Fazendária, foi o segundo servidor a comparecer com horário marcado. Para ele, a verificação tem importância ímpar, pois hábitos adquiridos no ambiente profissional podem acarretar consequências para a saúde.

- Ficar na frente do computador por muito tempo pode gerar algumas lesões, por exemplo. Muita gente não faz um check-up anual de saúde, mas ter a possibilidade de se consultar no local de trabalho dá um empurrãozinho para quem não tem feito.

Para se submeter ao exame periódico o servidor conta com agendamento prévio, através do qual serão combinados dia, turno e horário, entre o DESAU, o gestor, ou responsável do órgão ou unidade, e o servidor.

- O desenvolvimento de ações voltadas à promoção da saúde é projeto estratégico, sendo o exame periódico dos servidores peça fundamental de preservação da saúde, redução do absenteísmo e prevenção de doenças ocupacionais. Começaremos com um projeto piloto na Comarca da Capital que, em breve, será levado a todo o estado - adiantou o diretor-geral de Gestão de Pessoas (DGPES), Gabriel Albuquerque.

MS/FS

Fotos: Felipe Cavalcanti