Jovens em liberdade assistida têm aula de História e Política na Alerj
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 06/06/2018 17:04

Adolescentes atendidos pelo serviço de psicologia da Vara de Execuções de Medidas Socioeducativas (Vemse) tiveram nesta quarta, dia 6, uma aula de história e política. Pelos corredores do Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) - local que já foi a casa do Parlamento brasileiro -, os jovens aprenderam a história da democracia no país, visitaram a biblioteca e viram documentos históricos, conversaram com deputados e aprenderam um pouco da atuação parlamentar.

Além da função educativa, a atividade tem caráter transformador: depois da tarde na Alerj, os adolescentes vão sugerir propostas de mudanças na região onde moram. A psicóloga Marlise Eugenie D'Icarahy explica que esta ação ajuda a tornar realidade determinações judiciais que devem ser cumpridas durante a liberdade assistida, além da prestação do trabalho comunitário, contribuindo para expandir o aprendizado do adolescente e para a sua formação social.

“São jovens que aprendem, infelizmente, a ficar de cabeça baixa e em silêncio como uma forma de recriminação. Nós apostamos que essas atividades irão sensibiliza-los e fazê-los se expressar”, disse Marlise. Segundo a psicóloga, os adolescentes poderão fazer registros (escritos ou desenhados) que poderão ser anexados a seus processos. “Isso é novo, pois, normalmente, eles são objeto de uma análise técnica e não falam sobre questões como a da cidadania”.

FB/PC