Vara da Infancia de Teresópolis encerra as atividades anuais do Projeto Núcleo de Valorização da Gravidez
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 19/12/2017 13:42

A gravidez na adolescência é um problema comum nos dias atuais, impactando diretamente as famílias e os jovens envolvidos, não sendo raro que os parentes se desagreguem a partir desse acontecimento, culminando com a opção de todos pelo aborto, seja por pressão externa ou pelo contumaz desnorteio pessoal. Por isso, o Núcleo de Valorização da Gravidez e o Projeto Educação pelo Artesanato de Teresópolis atuam diretamente para evitar esse problema tão recorrente. 

Nesses projetos, as gestantes recebem orientações e são encaminhadas para exames médicos no pré-natal, com enxovais sendo fornecidos através de doações voluntárias e da renda oriunda da venda de produtos artesanais preparados pelas adolescentes, que participam espontaneamente da Educação pelo Artesanato, momento no qual aprendem ou aprimoram técnicas de artesanato manual. 

“Esse apoio é de suma importância para que as gestantes não sofram com a solidão e o desespero, sentindo-se seguras e amparadas. Com isso, raramente essas jovens optam pela opção de entregar os seus filhos para o sistema de adoção, fazendo com que o programa alcançasse o seu objetivo maior, que é a manutenção dos vínculos familiares”, explica a juíza Vania Mara Nascimento Gonçalves, titular da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso de Teresópolis e em exercício na Vara Única de São José do Vale do Rio Preto.

As adolescentes são acompanhadas até o terceiro mês de vida da criança. No momento, há 16 adolescentes em atendimento no Núcleo de Valorização da Gravidez em Teresópolis.

 

Homenagem

Na última quinta-feira, dia 14, a juíza Vania Mara recebeu moção de aplausos pela população vale-riopretana durante sessão solene na Câmara Municipal de São José do Vale do Rio Preto. A honraria se deve às importantes contribuições da magistrada para o desenvolvimento do município, como o projeto “Falando Sério”, que exerce grande alcance educacional e social na região. A monção foi entregue pelo vereador Francisco Lima Bulhões.

Segue a íntegra da moção: “Por sua importantíssima contribuição ao nosso Município, como Juíza da Comarca de São José do Vale do Rio Preto, notabilizada por uma atuação sempre pautada no equilíbrio, desenvolvendo importantes projetos e ações como o Projeto Falando Sério, que há quatro anos vem sendo promovido com grande alcance educacional e social".

O projeto Falando Sério tem como objetivo a reflexão sobre os problemas comportamentais comuns entre crianças e adolescentes em idade escolar que comprometem seu desenvolvimento e sua qualidade de vida.

 

MM / SF

Galeria de Imagens