Encontro reúne cerca de 400 mediadores em Petrópolis
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 07/08/2017 16:12

O auditório da Universidade Católica de Petrópolis (UCP), na Região Serrana do Rio, esteva lotado durante o 1º Encontro de Mediadores do estado, promovido pelo Fórum Permanente de Práticas Restaurativas e Mediação da Escola da Magistratura do Rio (EMERJ), nessa sexta-feira, dia 04. Cerca de 400 participantes discutiram o tema “Desafios na Implantação da Política Pública: Contribuição dos Mediadores”.

O presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (NUPEMEC) e Fórum Permanente da EMERJ, desembargador Cesar Cury, pontuou que o Encontro visa o amplo debate sobre o instituto da mediação com a troca de informações e experiências para que, de forma consensual, seja construída uma política pública da mediação. Assuntos como ética, mediação de família e a interdisciplinaridade foram debatidos. Ao final do encontro, o desembargador Cesar Cury e a conselheira Daldice Santana apresentarão a Carta de Recomendações com os parâmetros para a implantação da Política Pública Estadual de Resolução de Conflitos.

“Este primeiro encontro é muito importante, não apenas por ser o primeiro de âmbito estadual, mas porque é voltado para os interesses da mediação e dos mediadores. Busca incentivar a troca de informações para traçarmos, juntos, de forma consensual, uma política pública da mediação, não apenas da mediação judicial, mas também da mediação extrajudicial”, ressaltou o desembargador Cesar Cury.

A conselheira do CNJ, Daldice Santana, pontuou: “Este encontro é fundamental para a evolução de uma política de tratamento adequado de conflitos onde o mediador é o protagonista. Minha expectativa é que os mediadores que estão participando deste encontro, saiam daqui com novos olhares, com novas propostas de trabalho”.

O encontro também contou com a participação dos juízes André Tredinnick, Andréa Pachá, Ellen Garcia Mesquita e Mylene Vassal. Na abertura do evento, os participantes foram recepcionados pelo Coral Laus Deo. Participaram também o prefeito da cidade, Bernardo Rossi, o vice-reitor da UCP, professor Marcelo Calazans, além de procuradores, defensores, mediadores, advogados, psicólogos e assistentes sociais.

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da EMERJ

Galeria de Imagens