Juízes leigos aprovados em concurso são recepcionados no TJRJ
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 16/11/2022 16:30

Caroline Rezende estudava para o concurso da magistratura quando se inscreveu para o certame para juízes leigos. Aproveitando o momento de disciplina, concentração e conhecimento na área, ela se dedicou nas semanas finais às questões específicas da prova para juízes leigos. E a recompensa veio: Caroline passou em primeiro lugar e participou nesta quarta-feira (16/11) da cerimônia de boas-vindas e diplomação dos aprovados no concurso. 

"Espero estar à altura do desafio e da confiança que o Tribunal de Justiça colocou em mim. O objetivo é trabalhar para que a população tenha acesso digno e rápido à Justiça, prestando um serviço com muito respeito", afirmou sorridente.

Ao parabenizar os aprovados, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, exaltou a oportunidade de aumentar e aprimorar o quadro do Judiciário fluminense.

"A partir de agora vocês passam a integrar o Poder Judiciário, um Poder de suma importância para manter a paz social. A função é humana, mas também é mágica e é preciso que a gente exerça com respeito, olhando nos olhos das partes, conversando com elas, e atuando de forma imparcial para chegar à melhor conclusão para todos", afirmou o presidente.

A desembargadora Maria Helena Pinto Machado, presidente da Comissão Judiciária de Articulação dos Juizados Especiais (Cojes), recordou todo o processo e os encontros que culminaram com a cerimônia de boas-vindas. A magistrada disse que as vocações vão sendo aperfeiçoadas ao longo do trajeto e desejou sucesso aos novos integrantes do TJRJ. 

"Durante os nossos cursos sempre destacamos a importância dos juízes leigos para o bom funcionamento dos Juizados Especiais, para que possamos melhorar nossa missão, que é a boa prestação jurisdicional. Espero que todos sejam muito bem-sucedidos e felizes nessa função", disse. 

Participaram do evento o corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo; o desembargador Cherubin Helcias Schwartz; e os juízes Valéria Pachá, Paulo Feijó e José Guilherme Vasi Werner. 

Fotos: Brunno Dantas/TJRJ

JGP/MB