TJRJ se destaca entre tribunais do Sudeste no Ranking da Transparência do CNJ
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 09/09/2022 17:18

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) conquistou o primeiro lugar na Região Sudeste no Ranking de Transparência 2022 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Além disso, o TJRJ atingiu a segunda posição entre os tribunais estaduais de grande porte. O Judiciário fluminense cumpriu 88,06% dos requisitos estabelecidos pelo CNJ.  

O resultado do ranking foi divulgado durante reunião preparatória para o 16º Encontro Nacional do Poder Judiciário. De acordo com Michele Vieira de Oliveira, diretora do Departamento de Governança, Estratégia e Planejamento (DEGEP) do TJRJ, a meta para 2023 é atingir 90% dos itens.  

“É o melhor resultado histórico alcançado pelo TJRJ desde a existência deste ranking, a partir de 2015 e, por consequência, a melhor pontuação já obtida neste requisito no Prêmio CNJ de Qualidade. Nossa meta institucional para o próximo ano é superar 90% de cumprimento dos requisitos deste ranking. Ainda que haja um longo caminho de melhoria a ser percorrido, o resultado atual foi fruto de dedicação coordenada de todas as unidades que contribuíram para isto”, declarou.

O ranking

O Ranking da Transparência do Poder Judiciário foi instituído pelo CNJ para avaliar, com dados objetivos, o grau de informação que os tribunais e conselhos disponibilizam aos cidadãos. Para isso, os órgãos do Poder Judiciário respondem a 84 itens, divididos em nove temas: Gestão, Audiências e sessões, Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), Tecnologia da Informação e Comunicação; Gestão orçamentária; Licitações, contratos e instrumentos de cooperação, Gestão de pessoas; Auditoria e prestação de contas, Sustentabilidade e acessibilidade.

MG