Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil (Codepre) é criado em São Paulo
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 20/02/2020 15:22

O Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil (Codepre) foi criado nesta quinta (20/2), na capital paulista, com a eleição da primeira diretoria. Estarão automaticamente incluídos como membros da nova entidade os presidentes dos Tribunais de Justiça e do Distrito Federal eleitos e empossados. O Estatuto Social também prevê a exclusão automática daquele cujo mandato chegar ao fim.

A primeira diretoria do Codepre é composta pelos presidentes dos Tribunais de Justiça de Mato Grosso, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha (presidente do Codepre); de São Paulo, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco (vice-presidente do Colégio); de Pernambuco, desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos (secretário-geral), além dos três membros do Conselho Fiscal e Consultivo, os desembargadores Claudio de Mello Tavares (Rio de Janeiro), Ricardo José Roesler (Santa Catarina) e Washington Luis Bezerra de Araújo (Ceará). Todos investidos em suas funções até 31/12/2020, em conformidade com o estatuto.

O Codepre tem foro na cidade de Brasília e sede administrativa na capital do estado a que pertencer seu presidente. A criação do Codepre foi aprovada por 20 votos a favor, um contra e uma abstenção. A associação civil não tem fins lucrativos ou econômicos. Os 22 presidentes de Tribunais de Justiça, ao final do encontro, assinaram uma carta endereçada ao presidente do Conselho dos Tribunais de Justiça do Brasil, desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro (RS) comunicando a criação do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil e suas desfiliações do Conselho:

(Foto: Klaus Silva/TJSP)