Mensagem do Olho

Acima, entre aspas, o texto seguinte: “Diante de uma causa que provém de algo exterior, mantém a impassibilidade; diante de uma causa que provém de ti, mantém a retidão. Em suma, determinação e ação visando ao bem da sociedade, que é o que pede a tua natureza. – Sentenças Vaticanas, Epicuro”. Abaixo, o seguinte texto de dez linhas: “Você ouviu falar do imperador-filósofo? Uma contradição? Mas a história apresenta uma personagem que, no século II, reuniu, conforme sonhou Platão, o homem de ação e de reflexão: Marco Aurélio Antonino, alguém que tentou governar com justiça e sobriedade, mas desempenhou a função de filósofo ao meditar continuamente sobre a condição humana. Aurélio, a personificação do estoicismo imperial romano, que diferenciava o que depende de nós (juízos, opiniões) e o que não depende de nós (corpo, posses), ou seja, ao escolher como se relacionar com o real, o sábio controla o modo como vê as coisas, esteja em um trono ou acorrentado numa prisão.” – REFERÊNCIA: Ver Filosofia – Os autores, as obras, Jacqueline Russ, 2015. À direita, IMAGEM: estátua equestre de Marco Aurélio nos Museus Capitolinos, Roma, retratando um homem de cabelos curtos e barba, vestindo túnica, de porte atlético, com o braço direito erguido e a mão aberta, sobre um cavalo com as patas dianteiras empinadas.

#ParaTodosVerem