Distribuição automática dos processos da área criminal é implantada pela 2ª Vice-Presidência
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 03/07/2019 14:00

Objetivando acelerar a prestação jurisdicional, em especial nas medidas de urgência (habeas corpus, mandado de segurança e cautelares), o 2º Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargador Paulo de Tarso Neves, implan­tou esta semana a distribuição automática dos proces­sos da área criminal. Doravante, logo após a distribuição, os feitos serão diretamente enca­minhados aos respectivos desembargadores, cessando, portanto, a intermediação das Secretarias dos Órgãos Julgadores.

Essa alte­ração, em curto espaço de tempo, tornou-se possível pela colaboração e empenho do presi­dente do Tribunal de Justiça, desembargador Claudio de Mello Tavares; do presidente do Comitê de Gover­nança de Tecnologia da Informação e Comunicação, desembargador Nagib Slaibi Filho; e da Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação, na pessoa do diretor-geral, Humberto Vieira da Cruz.