Em palestra, juíza explica métodos de abordagem para cumprir decisões ligadas à violência doméstica
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 07/11/2018 17:11

De cada dez ocorrências registradas nas áreas onde estão instaladas Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs), seis são relacionadas a crimes contra a mulher, no campo da violência doméstica. Índice maior, por exemplo, que o o tráfico de drogas. Por isso, com o objetivo de esclarecer ao policial a forma de abordagem em situações como o cumprimento de medidas cautelares, como o afastamento do lar, a juíza Yedda Christina San Filizzola Assunção, do 4° Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital, promoveu nesta quarta-feira, dia 07, uma palestra para cerca de 40 oficiais da Coordenadoria de Polícia Pacificadora e comandantes de UPPs, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio.

A magistrada classificou a iniciativa foi positiva, pois foram abordados os procedimentos que o policial deve adotar após a denúncia das vítimas, além de temas como a proteção garantida pela lei às vítimas e como a Justiça lida com os casos de agressões contra as mulheres.

 

SV/ FB

Foto: Divulgação