Antigo Palácio da Justiça recebe a visita de alunos da Faculdade de Valença

 

     

 

O Antigo Palácio da Justiça recebeu, na tarde desta quarta-feira, dia 06, a visita de estudantes de Direito da Faculdade de Valença ¿ interior do Estado do Rio de Janeiro, que muito se encantaram com a suntuosidade do antigo prédio e com as histórias sobre a Justiça fluminense e o prédio, contadas pela educadora do Museu da Justiça, Teresinha de Sousa. O grupo, composto por mais de 40 alunos, foi acompanhado pelos professores Jorão Gomes ¿ coordenador do curso de Práticas Jurídicas e Glória Maria Alves Moreira Cotrim - Práticas Civis, Processos Civis e Advogada da área de Família.

A visita guiada durou cerca de uma hora e percorreu vários ambientes do Antigo Palácio da Justiça: o "hall" de entrada do antigo prédio; o Salão dos Passos Perdidos ¿ onde fica o núcleo da exposição sobre as mulheres vítimas de violência doméstica -: o antigo I Tribunal do Júri; o Salão Nobre; a Biblioteca; o Salão dos Espelhos ¿ onde esta a segunda parte da mostra feminina -, o Salão do antigo Tribunal Pleno; a Sala da Câmara Isolada e os espaços de exposições de Ambiente Judiciário (décadas de 1950 a 1970) e de Mobiliário Forense. A visitação foi finalizada no 2º andar, na Sala da Reserva Técnica I do Museu da Justiça, onde o chefe do Serviço de Gestão de Acervos Museológicos (Segam) Edson luiz da Silva e o estagiário André Felipe Paiva dos Santos falaram um pouco sobre o acervo da instituição.

Para o professor e coordenador de Práticas Jurídicas Jorão Gomes, a visita teve como objetivo aproximar o aluno da ideia de um Tribunal de Justiça, mostrando a ele o funcionamento de suas dependências. Já a responsável pelo grupo de estudantes, a professora Glória Maria Alves disse também ser importante, além dessas duas questões, dar ao estudante uma visão de quem vem do interior para a sede do TJ no Rio de Janeiro.

E foi o que achou a aluna Jéssica Maria Eduelfa de Souza Martins, que falou ter vindo ao Antigo Palácio da Justiça para conhecer o Judiciário e suas instalações. "Foi ótimo. Adorei tudo, principalmente, conhecer o antigo Primeiro Tribunal do Júri", disse.

As inscrições para as visitas guiadas pelo Museu da Justiça acontecem todas as terças (às 14h) e quartas-feiras (às 11h e às 14h), e podem ser agendadas pelos telefones (021) 3133-3532/3497 ou pelo e-mail exposicoes@tjrj.jus.br. Aceita-se grupos de até 40 pessoas, por sessão.

O Museu da Justiça é uma unidade vinculada à Diretoria-Geral de Comunicação Institucional (DGCOM), do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). Está localizado na Rua Dom Manuel, 29 - Centro, dentro do Antigo Palácio da Justiça.

Mais informações, clique aqui.