Museu da Justiça revela ofício de Lacerda sobre renúncia de Jânio

O governador do antigo estado da Guanabara, Carlos Lacerda: ofício de 1961 serviu de alerta para presidente do Tribunal de Justiça O espaço Curiosidades, do Museu da Justiça, tem o objetivo de divulgar fatos históricos e pitorescos do Judiciário

O espaço ¿Curiosidades' do Museu da Justiça traz uma das mais novas descobertas de seus pesquisadores. Um ofício de Carlos Lacerda, assinado e endereçado, em 1961, ao presidente do Tribunal de Justiça da época, Oscar Accioly Tenório, comunica que acabara de receber uma notícia que mudaria o rumo da história do País: a renúncia do presidente Jânio Quadros.
Para mais detalhes, clique aqui.

O objetivo do espaço Curiosidades é de divulgar e preservar a memória do Poder Judiciário fluminense. Na coluna passada, a história do primeiro baile de máscaras do Rio, realizado no local onde hoje funciona o antigo Palácio da Justiça. A história pode ser lida aqui.

O Museu da Justiça fica na Rua Dom Manuel, 29 - Centro - Rio de Janeiro - RJ, dentro do Antigo Palácio da Justiça.

Tels.: (21) 3133-2515/3553 - Fax.: (21) 3133-3548
e-mail: digco@tjrj.jus.br

O Museu da Justiça fica na Rua Dom Manuel, 29 - Centro - Rio de Janeiro - RJ, dentro do Antigo Palácio da Justiça.
Mais informações, no site www.tjrj.jus.br, link Institucional / Museu da Justiça / Exposições e Eventos e/ou Visitas Guiadas.
Tels.: (21) 3133-2515/3553 - Fax.: (21) 3133-3548
e-mail: digco@tjrj.jus.br