Alunos da Suesc conhecem pela primeira vez o Antigo Palácio da Justiça

A visita teve início do Os processos históricos sobre o direito ambiental chamaram à atenção dos universitários da Suesc.


Curiosidade, sorrisos e encantamento fizeram parte da visita guiada promovida pelo Museu da Justiça, desta quarta-feira, dia 14, quando 22 alunos da Sociedade Unificada de Ensino Superior e Cultural (Suesc), que fica no Centro do Rio, conheceram pela primeira vez o Antigo Palácio da Justiça. Os estudantes, na sua maioria, pertencentes ao décimo período do curso de Direito da instituição, estiveram, também, na exposição "O Direito Ambiental nas fontes históricas do Poder Judiciário", que ficará em cartaz até o dia 19 de dezembro.

A visitação durou cerca de uma hora e foi orientada pela educadora do Museu, a museóloga Blanca Dian Brum Soares, que começou o passeio histórico e cultural pelo "hall" de entrada do antigo prédio. O grupo prosseguiu depois pelos Salões Nobre e dos Espelhos ¿ onde está localizada a mostra sobre Direito Ambiental ¿ pela biblioteca do Museu, Plenário da Corte do antigo Tribunal, Salão dos Passos Perdidos e plenário do extinto Tribunal do Júri, que deixou de funcionar em 2009.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica da Suesc, a professora de processo civil, Ana Cristina Alvarez Baptista, a visita de hoje é um complemento às aulas, já que "é muito importante contar e mostrar a parte histórica do direito". "Em sala de aula, peço um relatório da atividade extraclasse, que é complementada com a leitura do livro "O Salão dos Passos Perdidos", do grande jurista Evandro Lins e Silva. É bastante interessante para quem gosta da parte penal", explicou a professora.

Essa mesma visão é compartilhada pela aluna do 10º período, Carmen Lúcia Costa. Para ela, que já conhecia o prédio, a visita orientada proporciona acesso à "história viva do Poder Judiciário". "Fiquei encantada com a arquitetura local, em especial, com os vitrais e lustres de cristais Baccarat. Os móveis são outro ponto impressionante do passeio. Tudo muito bonito e bem conservado", observou.

Já Vanessa Mendes de Oliveira, também do 10º período, disse ser a primeira vez que vem ao Antigo Palácio da Justiça. "Eu não sabia que existia um espaço assim perto do Fórum. A passagem pelo tribunal do Júri, por exemplo, é muito interessante, principalmente, para quem aprecia o direito penal. Gostei muito da decoração e da história contada pela guia sobre a Grécia antiga", comentou a estudante.

As inscrições para as visitas guiadas podem ser feitas pelos telefones (021) 3133-3532/3497 ou pelo e-mail seexp@tjrj.jus.br.  Elas acontecem todas às 3ª (às 14h) e 4ª feiras (às 11h e às 14h). São aceitos, por sessão, grupos de até 40 pessoas. Aos funcionários do TJRJ são computadas horas de capacitação pela Escola de Administração Judiciária (ESAJ).

O Museu da Justiça fica na Rua Dom Manuel, 29 - Centro, dentro do Antigo Palácio da Justiça.

Mais informações, pelo site www.tjrj.jus.br, link Institucional / Museu da Justiça / visitas guiadas/exposiçoeseeventos.