A história do Direito Ambiental em cartaz no Museu da Justiça

 

A exposição aborda a preocupação com o meio ambiente desde os tempos da Colônia



A história do Direito Ambiental no País pode ser conhecida na exposição "O Direito Ambiental nas fontes históricas do Poder Judiciário", promovida pelo Museu da Justiça do Rio. A preocupação com as questões ambientais do estado, já percebidas desde a época da Colônia, é apresentada de forma simples e didática. A mostra pode ser vista individualmente ou com grupos que participarem das visitas guiadas ao Antigo Palácio da Justiça. Os eventos são de graça.

Exposição Direito Ambiental

Em funcionamento de segunda à sexta, das 11h às 17h, a exposição fica no Salão dos Espelhos, no 3º andar do Antigo Palácio da Justiça. Textos, imagens e documentos estão divididos em quatro núcleos: os primeiros críticos ambientais no País; a floresta da Tijuca; a destruição da cidade de São João Marcos devido à construção da represa de Ribeirão das Lajes e as primeiras normas de limpeza urbana e saneamento.

Os visitantes também têm a oportunidade de conhecer um pouco da antiga legislação e processos históricos, como o Decreto Imperial nº 577, de 1861, que permitiu o reflorestamento do maciço da Tijuca.

Visitas guiadas

Feitas por educadores do Museu da Justiça que interagem com o público, as visitas guiadas duram cerca de 1 hora e podem ser realizadas às terças (14h) e quartas (11h e 14h). Durante o passeio, os visitantes fazem uma viagem no tempo, conhecendo a história da Justiça fluminense e da casa que já foi sede do Judiciário fluminense. A visita começa no "hall" de entrada, percorre o Salão Nobre, o Salão dos Espelhos, o acervo bibliográfico do museu; o Plenário da Corte do antigo Tribunal, a Sala de Sessões de Câmara Isolada, o "Salão dos Passos Perdidos" e o Tribunal do Júri, que funcionou até 2009.

As inscrições para as visitas guiadas podem ser feitas pelos telefones (021) 3133-3532/3497 ou pelo e-mail seexp@tjrj.jus.br. São aceitos grupos de até 40 pessoas por sessão. Aos funcionários do TJRJ poderão ser computadas horas de capacitação pela Escola de Administração Judiciária (ESAJ).

As visitas e a exposição sobre Direito Ambiental são atividades administradas pelo Museu da Justiça/DEGEM/DIGCO/SEEXP, órgãos vinculados à Diretoria Geral de Gestão do Conhecimento (DGCON), do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O Museu da Justiça fica na Rua Dom Manuel, 29 - Centro, dentro do Antigo Palácio da Justiça. Mais informações, clique aqui.
 

O Museu da Justiça fica na Rua Dom Manuel, 29 - Centro - Rio de Janeiro - RJ, dentro do Antigo Palácio da Justiça.
Mais informações, no site www.tjrj.jus.br, link Institucional / Museu da Justiça / Exposições e Eventos e/ou Visitas Guiadas.
Tels.: (21) 3133-2515/3553 - Fax.: (21) 3133-3548
e-mail: digco@tjrj.jus.br