Museu da Justiça e CCJF estreitam laços e trocam experiências

O grupo do CCJF e TRF, com integrantes do Museu da Justiça, em visita ao antigo Tribunal do Júri. Os visitantes no Tribunal Pleno em  conversa com o pessoal técnico da Instituição.

O Museu da Justiça recebeu, recentemente, a visita de oito funcionários do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região, que vieram ver de perto os trabalhos nas áreas de acervo e de educação patrimonial desenvolvidos pela Instituição. Segundo a diretora da Secretaria de Documentação e Disseminação da Informação (SED) do TRF, Lenora de Beaurepaire da Silva Schwaitzer ¿ que foi recepcionada por Luzia Giffoni, diretora geral de Comunicação Institucional do TJRJ, unidade à qual o Museu está vinculado ¿, a visita teve também o objetivo de estreitar a relação entre os dois órgãos e trocar experiências, já que o Tribunal Federal tem uma unidade com atividades culturais, o Centro Cultural Justiça Federal (CCJF).

Para ela e seus funcionários, a visita mediada realizada pela educadora Blanca Dian foi muito enriquecedora de informações, com os anfitriões demonstrando muito conhecimento do acervo. "Foi a primeira vez que viemos conhecer este Antigo Palácio da Justiça, e os locais que mais nos encantaram foram o Salão do Tribunal do Júri, com os belos balcões a sua volta; e o suntuoso salão do Tribunal Pleno, além dos processos históricos que compunham a exposição sobre Direito Ambiental", afirmou.

O grupo conheceu também o Serviço de Gestão de Acervo Documental e Bibliográfico (Segad) do Museu da Justiça. "Achamos que o Judiciário do Estado possui um Museu muito bonito, conservado e rico de acervo mobiliário, processos e informações. Um verdadeiro palácio. Esperamos poder estreitar nossa relação para projetos conjuntos e troca de experiência na área cultural, histórica e documental, de modo a levar o Judiciário mais próximo ao cidadão", concluiu Lenora.

Fizeram também parte deste encontro, Cícero Antônio Fonseca de Almeida, diretor Executivo do CCJF; Sergio Mendes Ferreira, assessor Técnico da SED/TRF2; João Batista Coelho ¿ assessor Técnico do CCJF; Regina Helena da Conceição Reis, diretora da Divisão de Gestão Documental - SED/TRF2; Maria da Conceição Painat ¿ supervisora da Seção de Imagem Institucional - SED/TRF2; Thamyris Conceição Macedo de Santana, do Setor de Processos Históricos; e Maria Cristina Paiva Ribeiro, bibliotecária do TRF2, além de Antonio Carlos Romeo, diretor do Museu da Justiça, Marco Antonio Sampaio, diretor da Divisão de Difusão da Memória Judiciária e Educação Patrimonial (Didep), e Gilmar de Almeida Sá, chefe do Segad..

O Museu da Justiça funciona na Rua Dom Manuel, 29 ¿ Centro, e realiza todas as terças (às14h) e quartas-feiras (às 11h e às 14h), visitas mediadas por educadores ao Antigo Palácio da Justiça. Na ocasião, o visitante pode conhecer, durante 60 minutos, um pouco da história da Justiça fluminense e do antigo prédio. Os interessados podem se inscrever pelos telefones (21) 3133-3532/3497 ou pelo e-mail exposicoes@tjrj.jus.br. A visitação é gratuita e são aceitos grupos de até 40 pessoas por sessão.

Mais informações, clique aqui.