Centro da Memória Judiciária de Niterói reabre para a população

O Centro da Memória Judiciária de Niterói fica dentro do antigo Palácio da Justiça daquela cidade, na Praça da República, s/nº Entre as exposições que estarão abertas ao público, destaque para a de Dom João VI e a Justiça em Niterói.


Como parte das atividades que antecedem as comemorações do Dia da Justiça (8 de dezembro), será reinaugurado o Centro da Memória Judiciária de Niterói, que retorna ao antigo Palácio da Justiça daquela cidade, após o término das obras de reforma e restauro do prédio. O evento, promovido pelo Museu da Justiça do Rio, acontecerá nesta quarta-feira, dia 5, às 11h30, no histórico Salão do Tribunal Pleno, localizado na Praça da República s/nº, 2º andar, com a presença de várias autoridades locais e do Poder Judiciário, entre elas, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos.

A partir da solenidade de reinauguração, estarão em exposição três mostras: "Dom João VI e a Justiça em Niterói", que destaca o papel desempenhado pelo monarca na criação da Vila Real da Praia Grande, origem da cidade de Niterói, e por José Clemente Pereira, primeiro juiz de fora da Vila, responsável pelo seu primeiro traçado urbanístico; "Projeto Memória do Poder Judiciário", que retrata a Justiça nacional e estadual de outras épocas, através de objetos, quadros e condecorações; e "A Justiça e sua Simbologia".

Merecem destaque, ainda: a Ata da Instalação do Tribunal da Relação do Estado do Rio de Janeiro - lavrada em 15 de julho de 1891, no Paço da Relação, na Cidade de Niterói, pelo então governador do Estado, Francisco Portella e pelo presidente, à época, do referido Tribunal, o desembargador João Gonçalves Gomes e Souza; e a galeria de presidentes ¿ composta de 53 retratos de desembargadores que presidiram o Tribunal de Justiça do antigo Estado do Rio de Janeiro, em exibição no Salão anexo ao Pleno de Niterói; além de diversas condecorações conferidas a magistrados do Estado.

O Centro da Memória Judiciária de Niterói está localizado na Praça da República, s/nº - no Centro, dentro do antigo Palácio da Justiça daquela cidade, com horário de funcionamento das 11h às 18h, de segunda a sexta. A instituição é administrada pelo Museu da Justiça / DEGEM, unidade vinculada à Diretoria Geral da Gestão do Conhecimento (DGCON) do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.