Universitários norte-americanos conhecem o Judiciário estadual e o Antigo Palácio da Justiça

Da esquerda para direita: Teresinha de Sousa, educadora do Museu da Justiça; juiz Joel Pereira dos Santos, coordenador do Juristur;
Francisca Lima, advogada e secretária do projeto; e os visitantes norte-americanos Megan Kierna e Mario Caccista, ladeados por Gabriela Mota Cox e pela tradutora Ana Maria Zambuja, no hall de entrada do Antigo Palácio da Justiça.

O Antigo Palácio da Justiça do Rio recebeu, recentemente, a visita dos alunos norte-americanos Mario Caccista, 33 anos, e Megan Kiernan, 26, do curso de Direito da Northwestern University School of Law ( Universidade do Noroeste ¿ Escola de Direito), de Chicago ¿ EUA. Eles participaram do programa "Juristur/Conhecendo o Judiciário", promovido pela Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj).

Dentro do roteiro, estava a visita guiada ao Antigo Palácio da Justiça, conduzida pela educadora Teresinha de Sousa, do Museu da Justiça, que mostrou aos alunos aspectos da história da Justiça fluminense e ambientes, como o plenário do Tribunal do Júri, do antigo prédio datado de 1926.

Os estudantes foram recebidos, inicialmente, na sede da Amaerj, pelo juiz Joel Pereira dos Santos, coordenador do programa Juristur, e pela advogada Francisca Lima, secretária do projeto. Em seguida, eles conheceram o antigo prédio, por meio do passeio guiado pelo Museu, e foram depois para o Órgão Especial e para o novo Tribunal Pleno do TJRJ, onde puderam ver de perto o funcionamento do Judiciário estadual.

Para Mario Caccista, o mais interessante foi a conversa que teve com o juiz Joel Pereira, que lhe explicou como funciona a Justiça brasileira e estadual. E, em contrapartida, o estudante comentou como é a justiça americana. "A troca de informações foi excelente", disse. Já para a aluna Megan Kiere, além das informações jurídicas, a visita guiada ao antigo Palácio proporcionou uma viagem que a fez lembrar-se dos tempos de escola.

Os dois alunos vieram por intermédio do programa International Team Projects ¿ ITP (Projeto Internacional de Grupos), oferecido pela Northwestern University School of Law, aos alunos do 2º e 3º ano do curso de Direito. Foi a primeira vez que o ITP trouxe estudantes ao Brasil.