Museu da Justiça do Rio participa da 11ª Semana de Museus

A 11ª Semana de Museus acontecerá até o próximo domingo, dia 19, em diversas instituições espalhadas pelo país. Os alunos da UBM percorreram vários ambientes, entre eles, o Salão Nobre, local da Presidência do Antigo Palácio da Justiça.

O Museu da Justiça do Rio participa, pela quarta vez, da 11ª Semana de Museus, por meio de suas atividades de visitas guiadas e  oficinas pedagógicas. O evento, que está acontecendo desde o dia 13, com encerramento no próximo dia 19, conta com a participação de mais de mil instituições de todo o país, e é promovido anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), órgão ligado ao Ministério da Cultura, também responsável pela Política Nacional de Museus (PNM).

A edição deste ano é realizada em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio), e tem como tema "Museus (memória + criatividade) = mudança social". Proposto pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), ele associa dois conceitos que têm caracterizado o setor museal nos últimos anos.

Criado em 1977 pelo ICOM, o Dia Internacional dos Museus  tem como objetivo sensibilizar o público sobre o papel dos museus no desenvolvimento da sociedade. Em 2012, o evento contou com a participação recorde de cerca de 32 mil museus em mais de 129 países. E, dentro desse número, o Brasil é considerado o país que mais celebra a data, com a participação, no ano passado, durante a Semana de Museus, de 1.114 instituições e organizações culturais, somando 3.420 eventos entre exposições, palestras, oficinas, seminários e ações educativas, realizados em 513 cidades espalhadas em todo o país.

 Alunos de Barra Mansa visitam a Justiça do Rio

Incorporado então à iniciativa do IBRAM, o Museu da Justiça do Rio, que faz parte da Diretoria Geral de Gestão do Conhecimento (DGCON) do TJRJ, continua a realizar a sua ação educativa através das visitas mediadas ao Antigo Palácio da Justiça.

A desta quarta-feira, dia 15, aconteceu com um grupo de alunos dos 7º e 8º períodos do curso de Direito do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), Campus Cicuta, que vieram conhecer de perto o funcionamento da Justiça fluminense e o Antigo Palácio da Justiça. Trazidos pelo professor de Direito Processual Civil, Paulo Bandeira, os dez estudantes se encantaram com o espaço e a ambientação do antigo prédio e também com as informações transmitidas pela educadora Teresinha de Sousa, do Museu da Justiça.

"Desde 2000, sempre que posso, trago alunos aqui para verem "in loco", como é a justiça de antigamente e a atual. O objetivo é dar a eles uma consciência da História e da Justiça. Além deste belo prédio, visito com eles outros locais do Fórum, como uma câmara cível e um júri", afirmou o professor Paulo Bandeira.    

Mais informações sobre as atividade do Museu da Justiça, podem ser obtidas pelos telefones (021) 3133-3532/3497 ou pelo e-mail seexp@tjrj.jus.br. A entrada é franca.