04/02/2013 - Museu da Justiça: visitação nestas terça e quarta ao Antigo Palácio da Justiça

A visita guiada pelo Museu da Justiça mostra também aspectos arquitetônicos do Antigo Palácio da Justiça. Já, no Centro da Memória Judiciária de Niterói, o visitante conhecerá a suntuosa sala do Tribunal Pleno.

O Museu da Justiça do Rio informa que nestas terça e quarta, dias 5 e 6, ocorrem as suas visitas guiadas feitas por educadores ao Antigo Palácio da Justiça. Na semana do Carnaval, porém, elas serão interrompidas, retornando nos próximos dias 19 e 20. Essa viagem ao passado oferece aos interessados uma oportunidade única para quem deseja conhecer aspectos arquitetônicos e históricos do prédio e da Justiça fluminense. O horário de visitação nos dois dias é, respectivamente, às 14h e às 11h e 14h. A exposição "O Direito Ambiental nas fontes históricas do Poder Judiciário" também terá os seus dias de visitação alterados, e funcionará, nesta semana, de segunda a quinta, das 11h às 18h, no 3º andar. Ambos os eventos são gratuitos e atendem aos visitantes na Rua Dom Manuel, 29 - Centro.

Os passeios pelo Antigo Palácio da Justiça do Rio contam como pontos de capacitação pela Escola de Administração Judiciária, aos servidores que deles participarem. Grupos podem também ser agendados. O número máximo é de 40 pessoas por sessão. A visita guiada dura cerca de 60 minutos e começa no hall do antigo prédio, percorrendo vários ambientes, como o Tribunal Pleno - local onde eram feitas as sessões plenárias das Cortes de Apelação do antigo Distrito Federal, do Tribunal de Justiça do Estado da Guanabara e do Tribunal de Alçada Criminal do Estado do Rio de Janeiro. Mais informações pelos telefones 3133-3532/3497 ou pelo e-mail seexp@tjrj.jus.br

Centro da Memória Judiciária de Niterói

Já quem deseja visitar o Centro da Memória Judiciária de Niterói pode obter informações pelos telefones 3002-4285/4286 ou pelo e-mail museudajustica.niteroi@tjrj.jus.br. A instituição fica na República, s/nº - no Centro, dentro do antigo Palácio da Justiça. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 11h às 18h.

Outra boa opção é conhecer as três exposições que estão em cartaz no prédio histórico fluminense: "Dom João VI e a Justiça em Niterói"; "Projeto Memória do Poder Judiciário"; e "A Justiça e sua Simbologia".

O Centro da Memória Judiciária de Niterói é administrado pelo Museu da Justiça / DEGEM, unidade vinculada à Diretoria Geral de Gestão do Conhecimento (DGCON) do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.