Antigo Palácio da Justiça recebe alunos da Universidade Mackenzie

 

Os alunos percorrem a exposição Memória do Poder Judiciário e recebem informações, da educadora do museu, sobre o acervo histórico do TJRJ.



O Antigo Palácio da Justiça recebeu na tarde desta quarta-feira, dia 28, um grupo de 45 alunos da Universidade Mackenzie, que vieram ver de perto, o funcionamento da justiça do nosso estado e aspectos de sua história. Os universitários, cursando entre o primeiro e segundo períodos, do curso de direito da instituição, foram guiados pela educadora do Museu da Justiça, Teresinha Sousa, que mostrou a eles as características arquitetônicas e jurídicas desse importante patrimônio histórico e cultural, construído em 1926.

Logo de início, o grupo se encantou com a suntuosidade do antigo prédio, que possui vários vitrais e esculturas mitológicos, entre eles, no hall de entrada, à esquerda, a estátua em mármore em tamanho natural do escultor Max Ferrex, portando as tábuas dos Dez mandamentos, símbolo do poder das leis escritas na antiguidade.

O passeio prosseguiu pelo Salão dos Passos Perdidos; pelo plenário do Tribunal do Júri (que funcionou até 2009); Salões Nobre e dos Espelhos, onde se encontra a Exposição Projeto Memória do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, com cerca de 50 peças, sendo finalizado no Tribunal Pleno, atualmente preservado como espaço histórico, por conservar sua decoração e mobiliário originais.

O grupo veio com a professora de História do Direito e de Metodologia da Ciência, Adriana Lima de Farias, que informou ser a segunda vez que traz alunos para visitas mediadas pelo Museu da Justiça ao Antigo Palácio. "Acho muito bom trazê-los aqui, para que eles visualizem não só o que está nos livros ou informações dadas em sala de aula, mas a época dos fatos. É importante que conheçam os vitrais, a mitologia dos deuses gregos e romanos, enfim, tenham contato com a história do direito em si, que depois é complementada em trabalhos dentro da universidade. Creio ser uma grande interação", completou.

"Foi interessante ter conhecido hoje o Antigo Palácio da Justiça, pois vi de perto onde tudo começou, ficando pordentro da história do direito. Isto, para quem está iniciando o curso, como eu, é estimulante, pois dá mais vontade ainda de continuar com os estudos. Adorei o prédio, sua arquitetura, estrutura e vitrais", comentou a aluna do primeiro período, FrancineleCamile.

O estudante do curso de direito, também do primeiro período, José Antonio Tomé Ribeiro, disse ter sido a primeira vez que veio ao Antigo Palácio e que ficou impressionado com tudo que viu, incluindo-se aí, também, a exposição e asinformações feitas pela educadora do museu. "A visita me enriqueceu bastante. Saber que, por este prédio, passaram célebres homens da área jurídica, nos faz ter uma visão de que a justiça é uma grande coluna que não poderá ser derrubada jamais", afirmou.

O Museu da Justiça fica na Rua Dom Manuel, 29 - Centro - Rio de Janeiro - RJ, dentro do Antigo Palácio da Justiça.
Mais informações, no site www.tjrj.jus.br, link Institucional / Museu da Justiça / Exposições e Eventos e/ou Visitas Guiadas.
Tels.: (21) 3133-2515/3553 - Fax.: (21) 3133-3548
e-mail: digco@tjrj.jus.br