Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Auditoria na DGLOG destaca o foco da equipe na gestão da qualidade

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em Tue Nov 14 11:49:00 BRST 2017

Uma auditoria interna realizada na Diretoria Geral de Logística (DGLOG), do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), concluiu que a organização e a inovação se destacam no trabalho executado pelo órgão com foco na Gestão da Qualidade às Unidades de Apoio. Após inspeção nas unidades organizacionais da DGLOG nos dias 7 e 8 deste mês, os auditores salientaram também as qualidades das equipes de trabalho, lideradas pelo diretor-geral Francisco Budal, em razão da integração, responsabilidade, colaboração, empenho e compromisso.

Os principais pontos relacionados pelos auditores no relatório sobre a avaliação da DGLOG foram os seguintes:

- Sistema CNTJ – Controle de Notas do TJERJ – monitoramento das notas de encomendas de material e notas de empenho;

- Uso do Boletim de Atraso na Entrega de Materiais, com diminuição significativa da inadimplência dos fornecedores;

- Lista SMO – mapeamento físico dos materiais de obras no Almoxarifado;

- Sistema de Emplaquetamento dos Materiais - identificação dos materiais permanentes no ato de entrada no Almoxarifado, com armazenamentos devidamente identificados e emplaquetados, proporcionando maior controle e rastreabilidade de todos os materiais;

- Quadro de Controle de Estoque de Material Permanente - quadro com o mapeamento de materiais constantes no almoxarifado;

- Uso de Paleteiras  com Balança de Peso - no ato da expedição já é conhecido o peso total dos materiais encaminhados às unidades organizacionais, o que gerou economicidade no contrato de transportes de entrega de materiais de consumo/permanentes;

- Guia Verde  – destacou a importância da introdução de campo no sistema Sismat para alimentar o Guia Verde com novos produtos;

- Quadro de Telefones Úteis - constante dos e-mails que são encaminhados às serventias que solicitam mudanças/remanejamentos, de modo a auxiliar os usuários nas demais demandas que possam ocorrer por ocasião das mudanças;

- Sistema IFS – Sistema de Controle de Ordens de Serviço da Engenharia – com a implantação deste sistema houve redução significativa das O.S. em duplicidade, reduzindo a quantidade de 11.000/ mensal para 7.500/mensal;

- Projeto Mutirão -  Projeto que visa atender as demandas de manutenção predial reprimidas dos 5º, 6º e 9º NURs;

A equipe de auditores foi composta por Célio Galvão (auditor líder) e Débora Marques Brandão (auditora assistente – Quadro do PJERJ).

PC/MB