Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Assembleia de Credores da Oi é adiada para o dia 6 de novembro

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 2017-10-20 19:59:00.0

O juiz Fernando Vianna, da 7ª Vara Empresarial do Rio, aceitou o pedido de adiamento da Assembleia Geral de Credores do Grupo OI, marcada para a próxima segunda-feira, dia 23. A Assembleia foi remarcada para o dia 6 de novembro, em primeira convocação, e dia 27 de novembro em segunda convocação.

O pedido de adiamento foi feito por diversos credores, como a BNP Paribas Fortis SA/NV, o HSBC, o Banco do Brasil S/A, o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES e a Caixa Econômica Federal, entre outros. As empresas alegaram ser prematura a realização da Assembleia e afirmaram que ainda pretendem evoluir nas negociações para construção de alternativas viáveis.

“Considerando o pedido formulado por credores extremamente relevantes desta recuperação, quais sejam bancos públicos, instituições financeiras privadas e expressivos fundos detentores de bonds que, aliás, são os que mais peticionam nos autos e participam do processo de recuperação, que detêm parte expressiva do crédito junto ao Grupo Oi, não vejo como não autorizar o adiamento. Se as negociações com os principais credores estão em efetivo andamento, sendo necessário mais alguns dias para o amadurecimento e a conclusão das conversas entabuladas, considero oportuno desmarcar a AGC que se realizaria no dia 23/10/2017, próxima segunda-feira. E assim o faço porque também estou levando em consideração que os credores detentores de créditos menores não sofrerão prejuízo com o adiamento”, escreveu o juiz Fernando Vianna na decisão.

A Oi entrou em recuperação judicial em junho do ano passado.

Processo nº 0203711-65.2016.8.19.0001

 

SF / AB