Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

2ª Vara da Infância da Capital entrega cestas básicas doadas a mais de 80 famílias

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 2017-10-09 15:31:00.0

Nesta segunda-feira, dia 9, Geise Lima saiu cedo da Pavuna, onde mora, acompanhada dos três filhos em direção à Praça Onze de Julho, na Cidade Nova. O trajeto, feito com ansiedade e alegria, foi para que sua família fosse uma das 87 a receber as cestas básicas entregues pela 2ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da capital do Tribunal de Justiça do Rio na ação “Justiça Solidária”. A entrega das cestas, doadas pela Polícia Federal, foi no auditório da 2ª Vara.

O evento é uma ação beneficente para os familiares de crianças e adolescentes que se encontram acolhidos em instituições pertencentes à 2ª Vara, além de famílias que residem na área de atuação desta Vara, acompanhadas pelos Conselhos Tutelares das regiões.

Mãe solteira, ela não trabalha para poder cuidar das crianças e recebe o Bolsa-Família. Abraçada aos três filhos pequenos, que sorriam enquanto ajudavam a mãe a carregar as sacolas, ela afirmou que a doação atenua as dificuldades enfrentadas pela família.

“Nossa dificuldade é muito grande, então essas cestas são um alívio para minha família. Somos só nós quatro e recebemos acompanhamentos da assistência social da 2ª Vara, que nos chamou para receber a doação. Estou muito contente”, disse Geise, sem esconder o sorriso.

A juíza Glória Heloiza Lima da Silva, titular da 2ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da capital e coordenadora das atividades, afirmou, em palestra aos familiares que o encontro teve como objetivo cumprir o papel social da Justiça.

“A Justiça que adverte e aplica medidas socioeducativas é a mesma que reconhece as dificuldades e faz seu papel social. A gente não pode fechar os olhos para os desafios e necessidades da população. Eu não quero que vocês criem seus filhos sem o mínimo indispensável”, advertiu.

Durante a conversa, a magistrada pediu aos pais e responsáveis que não tenham receio em buscar o Poder Judiciário para falar de seus desafios. De acordo com a juíza, a entrega das cestas básicas simboliza a solidariedade do trabalho feito pela 2ª Vara da Infância com o objetivo de aumentar a inclusão social e proteger as famílias. 

“Vocês possuem uma missão e uma responsabilidade: se interessem pela Justiça e espalhem a informação onde vocês moram. Vocês devem ter educação, saúde, cultura e outros direitos, e a gente pode ajudar. Não pensem que vocês estão sozinhos”, concluiu a juíza Glória Heloiza .

JGP/SF

 

Fotos: Felipe Cavalcanti