Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Juízes vão conhecer sistema de dados para adoção no Rio

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 2015-12-02 11:51:00.0

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) vai realizar na próxima sexta-feira, dia 4, uma reunião com os juízes das Varas da Infância, Juventude e Idoso para apresentação do sistema “Quero uma Família”, desenvolvido pelo Ministério Público. O sistema armazenará dados de crianças em condições de adoção, mas que fogem ao perfil tradicional idealizado pelas famílias, seja pela faixa etária ou por serem portadores de doenças. 

Para  a coordenadora da Coordenadoria Judiciária de Articulação das Varas da Infância e Juventude e Idoso (Cevij), juíza Raquel Santos Pereira Chrispino,  o projeto oferece aos magistrados um importante instrumento de trabalho. São eles que vão autorizar o cadastramento das crianças e adolescentes no sistema e também dar autorização à consulta das famílias interessadas na adoção.

“Nesse trabalho conjunto do Tribunal de Justiça e do Ministério Público, será possível dar maior visibilidade às crianças e adolescentes acolhidas nos abrigos. O sistema permite uma visita virtual pelos interessados na adoção. Eles receberão uma senha e serão estimulados a acessar o sistema,  passando a ter contato com uma realidade diferente sobre as crianças que esperam a adoção” – disse a juíza.

O encontro terá ainda a participação da coordenadora da Comissão Estadual Judiciária de Adoção internacional (Cejai), desembargadora Ana Maria Pereira de Oliveira, em função do interesse de casais estrangeiros pela adoção de crianças e adolescentes.

Projeto

O projeto é idealizado pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça da Infância e da Juventude do MP. Serão cadastrados no sistema as crianças e adolescentes nas seguintes condições: na orfandade, de pais desconhecidos,  de pais que perderam o poder ou que tenha havido decisão liminar determinando a colocação em família substituta, além dos portadores de doenças.

O encontro com os juízes será aberto pelo presidente do TJRJ, desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, no auditório desembargador José Navega Cretton, na Av. Erasmo Braga nº 115, 7º andar, Fórum Central. A reunião acontecerá das 13h às 15h. O evento será transmitido por videoconferência para os NURs.

PC/ MG